Análise games - Middle-earth: Shadow of Mordor

Matar Orcs nunca foi tão divertido!

Terra-Média: As Sombras de Mordor é um game de ação e aventura, em terceira pessoa, ambientado no incrível mundo de O Senhor dos Anéis. Desenvolvido pela Monolith Productions e publicado pela Warner Bros Games, em setembro de 2014. Com versões para PS3, PS4, Xbox 360, XOne e logicamente para PCs.

Shadow of Mordor foi uma grata surpresa não só para os fãs da Terra Média, que a anos ansiavam por um game de qualidade ambientado no incrível universo criado por Tolkien, mas para toda a comunidade gamer. Um game competente que soube pegar "emprestado" diversos elementos de grandes franquias, ao mesmo tempo em que criou sua própria identidade com o excelente sistema Nemesis.

A trama, que se passa anos antes aos eventos mostrados na Trilogia do Anel, nos apresenta Talion, um guardião de Gondor, que serve na guarda do Portão Negro, com a missão de vigiar as terras de Mordor. Porem com o retorno eminente de Sauron, o portão negro é invadido e a família e próprio Talion são chacinados pelos generais do Senhor do Escuro. Mas Talion retorna a vida graças a uma estranha ligação com o espectro de um antigo elfo, com isso o guardião une forças com o espírito de Celebrimbor na busca por vingança e um meio de quebrar a sua maldição, para assim encontrar novamente a sua família e descansar em paz.

O drama do protagonista Talion é marcante e convincente, porém o personagem é pouco carismático, o que facilmente poderia deixar a história desinteressante e esquecível, mas a presença do elfo Celebrimbor dá o tom épico que a trama merece, por introduzir um personagem que de fato existe nos livros e que teve um papel fundamental na criação dos anéis do poder e na ascensão do próprio Sauron e o melhor, tudo isso é mostrado de forma coerente com os acontecimentos da obra de Tolkien, ao mesmo tempo que cria uma nova mitologia dentro da série. O confronto final com o vilão Mão Negra pode decepcionar devido a baixíssima dificuldade, mas acaba se tornando extremamente satisfatório por reservar uma bela surpresa no final.

A jogabilidade é o ponto alto de Shadow of Mordor, com uma clara inspiração nas séries Assassin's Creed e Batman Arkham, do primeiro o game pega emprestado os movimentos parkour e o sistema de exploração, é impossível não correlacionar a movimentação do personagem com a principal franquia da Ubisoft, já de Batman o game cópia o sistema de combate de forma ainda mais clara, assim como na série Arkham, Talion consegue esquivar, defender, contra-atacar e executar combos incríveis e o melhor realizar finalizações violentas e sangrentas. Prepare-se para se deleitar com belíssimas decapitações de orcs, nunca vistas na Terra Média.

Apesar de copiar elementos de outros jogos, Shadow consegue se tornar original devido ao empolgante e envolvente sistema Nemesis, que gere de forma excelente a interação dos exércitos de Mordor com o protagonista, explicando de forma simplificada, o sistema cria uma rede de relações entre os orcs, tais relações podem ser de aliança ou de rivalidade, o interessante é que tal rede é dinâmica e mutável, reagindo conforme as ações do jogador, por exemplo, um orc pode subir na cadeia de comando ao derrotar outro capitão ou mesmo o próprio protagonista, ganhando assim prestígio e poder e o melhor o jogador pode interferir diretamente nesse processo, apoiando determinado Orc e o auxiliando nas suas disputas, ganhando assim um importante aliado nos exércitos de Mordor.

O que deixa o sistema ainda mais interessante é que cada capitão tem uma personalidade e visual próprio, dando bastante identidade ao game e sempre que o jogador encontrar um capitão ele fará ameaças e até mesmo chacotas caso já o tenha derrotado anteriormente. Além disso, cada orc possui fraquezas e habilidades, que podem ser exploradas pelo jogador para derrota-los, queime um orc vulnerável ao fogo e ele entrará em pânico e fugirá, ou com um único golpe elimine um capitão vulnerável a ataques furtivos, as possibilidades são bem variadas e dão um excelente dinamismo ao jogo.

O sistema de progressão é bem funcional, com uma extensa árvore de habilidades, que melhoram tanto as habilidades de combate de Talion, quanto os poderes do espectro Celebrimbor e em pouco tempo os protagonistas se tornam extremamente poderosos, deixando a dificuldade do game bem baixa. Já o sistema de equipamentos é bem limitado, Talion utiliza ao longo de todo jogo as mesmas armas e armadura, podendo alterar apenas as runas dos equipamentos que são obtidas ao derrotar os capitães, isso é um ponto falho e prejudica em muito a sensação de progressão e liberdade do jogador, o bom é que no próximo jogo, Shadow of War, isso será corrigido.

Em termos de ambientação o game apresenta um mapa extenso, bem detalhado e povoado, que contribui com a exploração. Porém não espere ver cenários com paisagens deslumbrantes aqui, o game é cinza, morto, cheio de ruínas, rochas e criaturas repugnantes, além de orcs, muitos orcs, um ambiente melancólico e frio, algo totalmente compreensível e necessário, afinal estamos em Mordor.

Shadow of Mordor é um ótimo game de ação e aventura, com uma história interessante, que respeita o material original, ao mesmo tempo em que acrescenta novos elementos a mitologia. Com um gameplay extremamente divertido, por emular elementos de outros jogos ao mesmo tempo em que nos apresenta o excelente sistema Nemesis, que dá o ar de originalidade que o game precisava. Um game indicadíssimo seja você fã, ou não de O Senhor dos Anéis.

"Eu sou o verdadeiro Senhor dos Anéis!" - Celebrimbor.


Informações adicionais:
Nota geral: 9,0.
Tempo dedicado ao game: 54 horas.
Conquistas desbloqueadas: 69 de 74.
Dificuldade: Normal, tornando-se difícil apenas nos confrontos com Capitães Orcs.
Fica a dica: Foque-se na campanha principal, a narrativa se tornará muito mais prazerosa dessa forma.
Gameplay: Clique aqui.
Imagens durante a jogatina: Clique aqui.
Vale o preço? Sim! Vale!
Modo de jogo: Exclusivamente Singleplayer.
Idioma: Com legendas e dublagem em pt-br, uma excelente dublagem por sinal.

Comentários

Postagens mais visitadas